Mudar tamanho da Fonte

Increase size Decrease size Revert styles to default

logo_homepage

  • Clinica Qualité
  • Clinica Qualité
  • Clinica Qualité

Fale Conosco

(17) 3229 2229
(17) 3229 2646

Cirurgia Plástica
A cirurgia plástica tem por objetivo a reconstituição de uma parte do corpo humano por razões médicas ou estéticas.

A cirurgia plástica se desenvolve sob duas facetas: a cirurgia plástica reparadora e a cirurgia plástica estética.

A cirurgia plástica reparadora tem como objetivo corrigir lesões deformantes, defeitos congênitos ou adquiridos. É considerada tão necessária quanto qualquer outra intervenção cirúrgica.

A cirurgia plástica estética é aquela realizada pelo paciente com o objetivo de realizar melhoras à sua aparência. A pessoa quando se submete a tal intervenção cirúrgica não a faz com intenção ou propósito de obter alguma melhora em seu estado de saúde, mas sim para melhorar algum aspecto físico que não lhe agrada, ou seja, corrigir uma deformidade que ela adquiriu ao nascimento por exemplo, como uma orelha proeminete ou em abano, outro caso como uma mama flácida que pode lhe dificultar um relacionamento afetivo.

Situações que nao lhe causam prejuizo da ordem funcional, mas sim de ordem psicológica. Atualmente, as duas cirurgias plasticas esteticas mais realizadas no Brasil são a lipoaspiração e o implante de protese de silicone nos seios.

Em qualquer cirurgia plástica, pretende-se que a zona afetada mantenha o seu funcionamento e, na medida do possível, um aspecto natural.

Atualmente, o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial de cirurgias plásticas, perdendo somente para os Estados Unidos, e é considerado o número um em relação ao aperfeiçoamento de novas técnicas e à qualificação dos cirurgiões. Com o aumento da procura, cresce também o número de profissionais que estão se especializando nessa área. E o mais interessante é que esses profissionais vêm alcançando sucesso e reconhecimento fora do país nunca vistos em outras áreas da medicina.Pode-se dizer que o Brasil virou referência mundial por possuir uma enorme equipe com nomes sempre presentes em congressos internacionais. Três fatores justificam essa posição: a qualidade dos médicos brasileiros, a grande preocupação que o brasileiro tem com o corpo, com a vaidade.